• FBTF

E você achando que o Treinador é o único responsável?


A FBTF Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol – parabeniza o Jornalista Rodrigo Capello do G1 pela matéria (link abaixo), e se solidariza com o bom espetáculo, com a organização, com a transparência, com a ética, com todo bom profissionalismo que cause o bem ao Futebol brasileiro! Nós também estamos sujeitos as armadilhas que toda sociedade impõe, porém a nossa unidade tem a mesma convicção de que o certo é o certo, sempre! O jornalista expõe em sua matéria algumas peculiaridades do nosso futebol e vamos pegar uma carona no tema!


https://globoesporte.globo.com/blogs/blog-do-rodrigo-capelo/post/2020/05/05/seis-clubes-da-primeira-divisao-descumprem-leis-ao-nao-publicar-demonstracoes-financeiras-de-2019-quadro-e-pior-na-serie-b.ghtml


É preciso que analisemos este debate pela seguinte ótica... Criou-se um pessimismo, uma desconfiança depois dos 7 x 1 sofrido diante da Alemanha. Temos a sensação de que os Treinadores Vicente Feola, Aymoré Moreira, Mário Jorge Lobo Zagallo, Carlos Alberto Parreira e Luiz Felipe Scolari, todos campeões mundiais, nada fizeram. O Treinador de Futebol Brasileiro recebeu a “marca da besta” na testa!


É impossível assistir a uma partida de futebol hoje no Brasil, sem atribuir algo de ruim ao Treinador de Futebol. Os adjetivos vão do inculto ao prepotente, do antiquado ao falastrão. Não importa o que se faça, se é o Treinador... está errado! Ao analisarmos o ambiente que nos cerca a sensação é de que realmente estamos no centro deste universo, não movidos pela arrogância de quem isso deseja, mas porque no nosso entorno gira toda má sorte de impropérios e cobranças muitas vezes sem critério e qualquer embasamento. Simplesmente se você perdeu uma partida, você é ruim! Será essa uma verdade? Muitas vezes quem analisa um jogo o faz sem conhecimento, sem embasamento técnico, com o achismo comum, sem qualquer experiência na prática, desconhecendo o que se passa por trás da cortina do glamour tão comum ao futebol. Não é incomum análises carregadas de ofensas, humilhação e maldade. Tudo jogado no colo do torcedor, temperado e preparado com o destempero e o despreparo. A quem interessa isso e o que há por trás deste pano de fundo?


Voltemos à matéria..


O efeito cascata provocado no futebol brasileiro pela administração temerária, pelo desprezo e escárnio diante das leis que regem o Futebol Brasileiro tem nome e endereço certo. O RESULTADO! Cedo ou tarde, alguém vai pagar essa conta. Até aqui, a vítima e o réu desafiam a física e ocupam o mesmo corpo, o do Treinador. O resultado está aí para quem quiser ver! Infelizmente clubes sem estrutura, sem ética e sem transparência. Clubes sem gestão ou de má gestão, do conselho fiscal que aprova com restrição, do estatuto que se debruça e se acomoda em interesses escusos, do gestor que posterga dívida e nega o salário do trabalhador. Do gestor irresponsável, sem qualquer zelo e respeito pelos direitos trabalhistas, que passa cheque sem fundo, que desdém da desgraça alheia, mas empenha-se em perpetuar-se no poder, que mente e trata o torcedor com pão, circo, ingressos e outras gentilezas... É esse o Futebol que todo domingo aponta o dedo em riste na cara do Treinador e cobra pela vitória. É esse, o Futebol que mais demite Treinador de Futebol no mundo!

E você ainda continua achando que o Treinador é o único culpado pela derrota?


O Futebol transparente não é o que se vê, mas o Futebol que não se esconde!


Editorial FBTF

71 visualizações
  • Instagram
  • https://www.youtube.com/channel/UCu7Z2EIv8N3IoUpMK5E-H-A
  • Facebook
  • Twitter ícone social

FBTF / CNPJ nº 19.173.271/0001-77 / Rua Professor Gabizo, nº 237, Bairro da Tijuca, Rio de Janeiro – CEP 20.271-064 / E-mail: contato@fbtf.com.br 

Todos os direitos reservados a PIN Int Neg