Mauro Silva - Vice Presidente FPF - responde à FBTF



A Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol, entrou em contato com o ex atleta e campeão mundial, Mauro Silva, atual Vice Presidente da FPF. Mauro Silva fala de sua expectativa e da FPF sobre a sequência do futebol no estado de SP e no país.


FBTF: - Se existem e quais serão as medidas (ações) que a FPF pensa em tomar para diminuir o impacto (prejuízos financeiros e burocráticos - contratos de trabalho) em socorro aos clubes e a própria FPF por conta da parada do estadual em função da pandemia? Haverá algum tipo de suporte financeiro aos clubes? Mauro Silva: "Os clubes decidiram pela suspensão das competições, e com isso o Grupo Globo suspendeu a última parcela dos direitos de transmissão aos clubes de A1 e A2. O Paulistão A3 é feito com investimento da FPF com recursos do A1 e do A2. A expectativa é que, programando a volta com datas, voltemos a ter as receitas das competições, e os clubes voltem a receber. O que temos orientado os clubes neste momento é fechar as torneiras, cortar custos, negociar com credores. A própria FPF já suspendeu metade dos contratos com fornecedores e prestadores de serviço. Mesmo voltando a receber os recursos com a volta dos jogos, a dificuldade financeira vai ser grande para todos. Será outra realidade." FBTF: - A FPF depende da decisão ou autorização de quais órgãos para retomar suas competições? Mauro Silva: "O futebol irá voltar de acordo com os protocolos médicos, os governos e autoridades de saúde. Nada é mais importante no momento do que a saúde de todos. Há um diálogo constante com clubes, CBF, atletas, sindicatos, federações e árbitros para que, no momento oportuno, nós estejamos preparados para a volta. Ou seja, quando for possível a volta, da forma que for possível, não podemos perder tempo, todos os protocolos de saúde precisam estar planejados e prontos para ser utilizados." FBTF: - Já existe uma data para o reinício? Uma previsão ao menos? Mauro Silva: "Não há data definida. Nossa estratégia é de voltar o futebol com calma e no momento oportuno. Temos nos reunido com os clubes, e a prioridade é a saúde de todos os envolvidos. O reinício acontecerá no momento correto, no momento possível, seguindo todos os protocolos médicos." FBTF: - Mauro, na sua opinião, essa experiência com a pandemia e todo o resultado negativo causado (clubes encerrando as atividades, atletas negociando seus vínculos em meio a pandemia, prejuízos diversos e incalculáveis de todos) ... Podemos tirar algo de positivo, algum aprendizado?

Mauro Silva: "O mundo não será mais o mesmo, as pessoas não serão mais as mesmas, e o futebol não será diferente. É preciso uma grande união dos clubes e de todos, uma compreensão de todas as áreas relacionadas ao futebol, pois será preciso criar um novo modelo. O futebol atual não vai existir mais, não com estes números, essas cifras. Os orçamentos serão menores, assim como no comércio, na indústria, em tudo."


FBTF

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo