• FBTF

REPÚDIO À MORDAÇA!

REPÚDIO À MORDAÇA



A FEDERAÇÃO BRASILEIRA DOS TREINADORES DE FUTEBOLFBTF - vem através desta nota repudiar toda e qualquer ação contra a liberdade de expressão, dentro e fora das 4 linhas de jogo. Temos acompanhado os desdobramentos após as declarações do Treinador do Botafogo carioca, Paulo Autuori, que concedeu uma entrevista ao G1 e disse ser contra o formato do reinício do futebol no estado. Segundo a procuradoria do TJD-RJ, Paulo Autuori “ofendeu e denegriu a imagem da FERJ e de seu Presidente”. O Treinador foi punido em caráter liminar pelo TJD-RJ afastando-o por 15 dias das competições.

Ao escrevermos esta nota de repúdio, tomamos conhecimento de que o STJD está concedendo ao Treinador Paulo Autuori uma liminar para que ele exerça sua profissão à beira do campo já neste domingo contra a Cabofriense. Vivemos em um país democrático onde a justiça atua com a força da lei. Entendemos que quem se sentir ofendido, injustiçado ou tiver a honra ferida, que mova uma ação por danos morais contra seu agressor, neste caso específico fora da esfera esportiva. Julgar e punir Paulo Autuori “dentro do campo de jogo” sem dar-lhe o amplo direito à defesa, exigindo o imediato cumprimento da pena prejudica não somente ao Treinador, mas ao Botafogo e ao espetáculo. Isso não nos parece justo, não faz bem ao Futebol, penaliza o torcedor e a competição em si.

Usufruir de um “Poder” para fazer a acusação, julgar, executar a pena e calar quem se opõe as suas ideias, contrasta da “Autoridade” que se conquista através da didática do exemplo. Em um momento único em que o mundo se sujeita ao medo, a insegurança e ao exercício da adaptação, seria mais inteligente se as Federações espalhadas pelo Brasil dessem voz também a quem faz o Futebol acontecer dentro das quatro linhas. Treinadores, atletas, todo staff técnico, árbitros e imprensa, afinal todos fazemos parte do jogo. O diálogo e o respeito mútuo são os caminhos a serem seguidos. Decisões isoladas sem ouvir e respeitar a decisão de todos os envolvidos até a ponta do processo chamado futebol, é caminhar na direção contrária do sucesso que o futebol brasileiro nos conduziu até aqui. Promover a intimidação, provocar o medo e amordaçar quem faz o futebol é a própria involução da bola. Repudiamos esse retrocesso!

A FBTF coloca seu departamento jurídico à disposição do conceituado colega e Treinador de Futebol, Paulo Autuori para apoio e defesa de seu (nosso) interesse junto a esta causa. Reiteramos o REPÚDIO quanto à acusação, julgamento e execução da pena ao colega que tem no meio em que atua, o respeito e a admiração dos Treinadores de Futebol e desta Federação.

FBTF

FEDERAÇÃO BRASILEIRA DOS TREINADORES DE FUTEBOL

Contato:

(21) 3529-8905

E-mail:

contato@fbtf.com.br

Site:

www.fbtf.com.br

0 visualização
  • Instagram
  • https://www.youtube.com/channel/UCu7Z2EIv8N3IoUpMK5E-H-A
  • Facebook
  • Twitter ícone social

FBTF / CNPJ nº 19.173.271/0001-77 / Rua Professor Gabizo, nº 237, Bairro da Tijuca, Rio de Janeiro – CEP 20.271-064 / E-mail: contato@fbtf.com.br 

Todos os direitos reservados a PIN Int Neg