• FBTF

Editorial FBTF em resposta aos jornalistas...



A FEDERAÇÃO BRASILEIRA DOS TREINADORES DE FUTEBOL através deste EDITORIAL, apresenta sua versão aos torcedores em resposta aos jornalistas “Tironi”, “Arnaldo” e “Mauro Cezar”. A FBTF acredita que um jornalismo sério e responsável cede à parte citada um espaço no debate. A informação que desinforma, compromete o jornalismo e o jornalista. Quando o Mauro Cezar afirma que a FBTF “não serve para nada”, ele pratica a sua peculiar acidez. Lamentamos profundamente esta falta de respeito com a classe dos treinadores. O ambiente ácido em que Mauro Cezar insiste em proliferar faz extremamente mal ao Futebol, um ambiente tão alcalino. Todos sabemos o que toda acidez causa em ambientes alcalinos.


A FBTF é formada pela união dos Sindicatos da categoria dos Treinadores de Futebol no Brasil e é representada por Treinadores como Carlos Alberto Parreira, Falcão, Sebastião Lazaroni, Oswaldo Oliveira, Vagner Mancini, Silas, Jorginho, Dorival Júnior e tantos outros importantes Treinadores que prestaram e prestam importantes serviços ao Futebol Brasileiro. Sobre a matéria, a FBTF presta total apoio à decisão da CBF acerca do limite das trocas dos Treinadores, aprovado também pelos clubes. Agradecemos ao Presidente Rogério Caboclo por atender esta importante demanda em prol do futebol no Brasil. Se ainda há alguma dúvida ou resistência dos nobres jornalistas quanto a este fato, sugerimos que assistam o nosso vídeo: “A CULPA PELA DERROTA” (https://www.youtube.com/watch?v=MNkN17Fu81Q) disponível em nosso CANAL no Youtube. Se ainda assim houver dificuldade, nos convide para uma entrevista ao vivo, será um prazer participar de sua atração esportiva.


Os nobres jornalistas também se equivocam quando afirmam que a FBTF “assinou” um documento com ato ou afeito de anuir a decisão tomada pela CBF. Estávamos presentes à reunião apenas como convidados e parte interessada. Mais uma vez, os nobres jornalistas se equivocam e desinformam.


“Eu aprendi com meus pais e nos colégios que estudei que o respeito está acima tudo. Você pode estar de acordo, você pode estar em desacordo, mas nunca desrespeitar ninguém. Assim eu sempre fiz com todas as pessoas que vivem à minha volta inclusive aos jornalistas. Pergunte ao Sr. João Saldanha, ao Sr. Rui Porto, e até ao Sr. Nelson Rodrigues se algum dia eu deixei de atendê-los? É difícil porque já partiram para outra vida. Perguntem aos Jornalistas Sr Iata Anderson, Sr Renato Maurício Prado, Sr Márcio Guedes ou o Sr Boccagge se algum dia eu deixei de respondê-los! Sabe por quê? Porque fazem críticas construtivas e de forma respeitosa.


Portanto sempre agi assim e vou morrer assim. Respeito e exijo respeito. Outra coisa que não aceito é quando a imprensa desinforma, afirma o que não sabe, não viu e não pode provar. Afirmar de forma leviana que a FBTF assinou um documento, quando esteve presente apenas como convidada e parte interessada? Fui convidado, assim como o Presidente da FENAPAF e o Presidente da Associação dos Árbitros. Vocês desconhecem o conteúdo da matéria e informam o que não sabem para o torcedor.


Mauro Cezar é “persona non grata” por quem milita no Futebol, não por que faz críticas, as críticas são bem-vindas quando constroem, mas porque Mauro é especialista em ofender a honra das pessoas, seja de forma direta como fez à FBTF ou de forma subliminar. O Filósofo Hermógenes escreveu no seu Livro “Mergulho na Paz” que para a alma amargurada, nem o açúcar é doce! A preocupação do Mauro não é dar a notícia correta, fazer a análise correta ou respeitar as pessoas. Seu objetivo é a audiência e o futebol é um terreno fértil, que a cada dia fica mais doente com a sua acidez por onde ele passa.”


Zé Mário

Presidente

FBTF

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo